quinta-feira, 27 de maio de 2010

otimismo ou realismo ?

Algumas pessoas preferem não ser otimistas, optam por serem mais realistas com a intenção (acredito eu) de se preparar para um eventual menor sofrimento futuro.

Se poupar sofrimento, ou sofrer antecipadamente resolvesse.... a vida seria muito mais fácil.... poderiamos, em um dia de muita alegria, separar algumas horas para sofrer por uma morte futura... com o passar do tempo teriamos acumulado horas e dias de sofrimento - tudo por antecipação claro - daí.... quando a pessoa pela qual já sofremos antecipadamente morresse, estariamos "garantido"....pois "os primeiros dias de sofrimento já teriam passado".... facil não ?

9 comentários:

  1. Querido amigo...
    Perfeito! É isso aí... Sem esperança que sentido tudo isso teria?
    Um monte de pensamentos positivos, boa energia emanada com certeza ajudam na recuperação do Tomás e fazem bem pra quem as envia... Temos um menino lindo, vivo, lutando bravamente para se manter entre as pessoas que ele ama profundamente. Seria muito injusto que não compartilhássemos do seu esforço. O sucesso do seu blog é o maior indicador de que muitas pessoas, mesmo conscientes do longo caminho a se percorrer, optaram por acreditar, torcer... Um degrau de cada vez... Sempre!
    Um beijo grande no seu coração

    ResponderExcluir
  2. Ele é novo, está no melhor hospital, com os melhores médicos, com uma família fantástica, com inúmeros amigos e a recuperação, como diria o Dr. Marcos, sensacional! Só há motivos para otimismo! Ele vai sair dessa e nos dar muitas alegrias, muito antes do esperado!!!

    ResponderExcluir
  3. OK, mas também não vamos confundir realismo com pessimismo.
    Principalmente porque ser realista nesse caso muito agrada os otimistas!! Certamente muito antes do que qualquer médico seria capaz de prever ele estará conversando com todos nós como se nada disso tivesse um dia acontecido.
    GF

    ResponderExcluir
  4. segundo o dicionário Houaiss "otimismo" é uma DISPOSIÇÃO para ver as coisas pelo lado bom; não tem nada à ver com realidade...
    c.harari

    ResponderExcluir
  5. Marcos,
    A esperança dá sentido a tudo na vida...e a fé move montanhas!!!
    Muita energia positiva para o Tomás.
    Ele vai sim sair dessa!!!
    Parabéns a você e toda essa família maravilhosa pela união e tanto amor!! Muita força a todos!!!
    Bjs, Claudia Plazeck ( o Fabio manda um abração e está forte na torcida!!)

    ResponderExcluir
  6. monica leopoldo e silva27 de maio de 2010 17:28

    Otimismo sempre!!!
    Realmente nao tem sido fáceis estes dias para o Tomás e todos que estao com ele, mas sabemos que ele é guerreiro e está superando muitos obstáculos.
    Tenho certeza que os dias melhores já estào chegando.

    ResponderExcluir
  7. Ana e Flavio Dantas27 de maio de 2010 18:22

    Nestes 12 dias, o Tomas obteve importantes vitórias e terá muitas outras !! Todo o AMOR, carinho, rezas, energias positivas e dedicação dos familiares e amigos contribuem muito para cada nova vitória do Tomas.
    Marcos, o seu blog é muito importante para manter os amigos informados. Checamos ele várias vezes ao dia.

    ResponderExcluir
  8. E o que seria da vida sem o otimismo? Eu prefiro acreditar na vida, do que no contrário. Pelo menos com o otimismo acho que vamos mais longe, mais fundo na esperança e nas atitudes para fazer o que pudermos para dar tudo certo. Fico comovida com esse blog, com essa família linda e unida que vocês tem. O Tomás está rodeado de amor e de pessoas do bem, que tem fé na vida. Hoje ele abriu os olhos e tenho certeza que a vida está aberta para ele também.
    Estou muito feliz com a notícia. É pra frente que se caminha...
    Contem comigo...

    Um beijo com muito carinho e parabéns mais uma vez pelo blog e pelas atitudes lindas de vocês!

    Marina van de Kamp

    ResponderExcluir
  9. "Agora eu era o herói e o meu cavalo só falava inglês"...ouvi a Ju e o R cantarem essa música muitas vezes, ao violão, karaokê...e nela o autor recorre à linguagem do faz-de-conta para falar das angústias de um tempo em que se era obrigado a ficar em silêncio...
    Creio que nossa humanidade se funda na imensa capacidade que temos de imaginar,criar,sonhar e
    desejar uma boa existência.
    A esperança é inerente à natureza humana. Ela nos move em direção àquilo que queremos e é ela que permanece, mesmo em meio às piores adversidades.
    Nossos sentimentos devem dar base à nossa fé na vida. A verdadeira fé é um assunto do coração. O coração pode e deve conectar-se à razão e à ação...e quanto mais conectados estamos, mais esperança podemos sentir.
    E a música continua:
    "Vem, me dê a mão, a gente agora já não tinha medo"
    Estamos todos de mãos dadas com você, Tomás, plenos de esperança, afeto, certezas, dúvidas...sentimentos absolutamente humanos.
    E você abre os olhos...ainda que no "vazio de consciência"...para nos alegrar!
    Obrigada meu querido...por nos proporcionar emoções tão intensas a cada dia...reafirmando a importância de ter fé na vida.
    Beijos a você e a essa família tão acolhedora

    ResponderExcluir