sexta-feira, 11 de junho de 2010

somente sentimento – NÃO É NOTICIA

Visitar o Tomás e passar para as pessoas noticia de como ele está é uma coisa muito gostosa, pois nesse momento sinto que estou agregando mais pensamentos positivos na melhora dele... e olha que eu não sou nada ligado neste lado esotérico de forças, correntes, etc....mas como já mencionei, nestas horas... tudo é bem vindo.

Cada vez que vou visitá-lo é uma incógnita como ele estará – dormindo, acordado ou meio-a-meio – e isso faz muita diferença - mas quando sento de frente a ele e fico observando, mesmo que de longe, percebo nos pequenos movimentos e até na respiração alguns “gestos” e “atitudes” que me deixa tranqüilo... tenho sentido nos últimos três dias 9,10 e 11 de junho – (ISSO É APENAS UM SENTIMENTO MEU !! NÃO É UM FATO ! – é algo que quero deixar registrado aqui para quando ele ler tudo isso) ...que ele está voltando para o nosso mundo, ele está cada vez mais ligado... são coisas mínimas, mas que no meu “sentimento” ou “feeling” (ou até no meu “querer”) tem ficado marcado.

Em uma despedida que ele movimenta os olhos, um carinho que ele franze a testa, uma informação que ele “obedece” – (“Tomás, agora descanse, feche os olhos para estar desperto quando seu pai chegar” - e ver ele fechando os olhos e dormindo) tudo pode ser reflexos involuntários, coincidências....mas quero deixar registrado.

Com a Di e com a Bia já comentei que acredito que ele está “quase aqui”....mas é lógico, que isso é somente sensação ou até um grande querer meu. Sabemos que o fato de ele sair da semi-UTI quer dizer “apenas que suas funções vitais estão mais estáveis”.... mas temos que sempre pensar positivo, ninguém está achando que agora é “só correr para o abraço”...
Com todo meu ceticismo e objetividade – sinto algo.

15 comentários:

  1. É isso aí , marcolino...
    São diversas pessoas que estão ao seu lado com este mesmo sentimento, acho pois que são indícios que ele está chegando mais perto da gente...tá quase aqui.
    Sinto o mesmo.
    Gostei da homenagem à copa e ao Brasil!!!

    ResponderExcluir
  2. Marcos,
    Saiba que nós vibramos, nos emocionamos e compartilhamos com voce todas as suas esperanças e sentimentos que com muita sencibilidade tens alimentado este Blog.
    Pra frente Tomás!!!

    ResponderExcluir
  3. Tomás, quando alguém ler tudo isso para você, ou quando você mesmo o fizer, as pequenas palavras, os detalhes miúdos não serão tão importantes, mas você sentirá, no fundo do peito e na água dos olhos, a importância que você tem para muita gente. Fam´çia ou não, alguns mais outros menos,não importa: Você é, foi e será sempre um menino bacana ( menino~´e coisa de tia, eu sei ), mas alguém que deixa marcas fortes e positivas por onde passa.
    A sua dor é imensa, quietinho aí, lutando a cada segundo...
    A de todos nós também é imensa, vivendo aqui, acompanhando sua luta...
    Uma batalha por dia, uma guerra vencida ao final, um sopro de legria no mundo, esperando sua volta ( sinto também que voc~e está voltando sim...). Vi ontem seu esforço ao "fechar a boca e os olhos quando o Marcos pediu. Piscar ao pedido da terapeuta... enfim, a torcida é enorme.
    Se tudo isso não fosse pouco, você foi capaz de mover, de dentro do seu tio Marcos, um lado poético, nunca antes visitado ( via palavras ). No começo do BLOG, a ideia era dividir as notícias com todos que se preocupavam... ao poucos, foi crescendo, tomando forma, dando a verdadeira dimensão que você merece.
    Nos vemos mais tarde...
    Beijos com muito carinho
    Di

    ResponderExcluir
  4. Marcos, não te conheço, mas estou acompanhando tudo pelo blog. Meu filho Pedro, estudou com o Tomás no Vera Cruz. A Anna estudou com a Mari e o João estudou com a Carol "carioca" (como ele mesmo diz). Então, me sinto próxima... Tudo isso para dizer o seguinte: Acredite no seu sentimento, mesmo que ainda não seja fato! Ele é muito poderoso, acredito mais nele do que no fato.
    Estou confiante e feliz com tudo o que você está sentindo.
    Um pouco mais de paciência...
    Abraço (carinhoso, se você me permitir), Kiki Millan

    ResponderExcluir
  5. Que saudade desse maluco!!
    Raça R!!!!

    ResponderExcluir
  6. Muito tocante este seu texto, tô com os olhos mareados. Sou amiga da Telma e não conheço o Tomás pessoalmente, mas estou aqui na torcida, mandando muita enregia positiva e me emocionando a cada dia com a luta do Tomás e com a corrente de amor, carinho e paciência de todos que o cercam.
    Logo logo o Tomás vai estar aí de volta com todos que o amam!

    ResponderExcluir
  7. Marcos e Di,
    Adorei o que voces escreveram!!! que lindeza! Faz bem prá gente que lê....
    O Tomás vai saber, alguém vai ler pra ele, ele vai ler sozinho depois e vai confirmar isso que ele vem sentindo e recebendo, que é esse mar de sentimentos fortes e bons que têm marcado este pedaço da sua história. O Tomás é, sim, um menino que marca - não tem como ficar imune à sua doçura, ao seu sorriso, ao seu bom coração.... ai, que saudade, Tomás! um beijo em você!
    um beijo, Di,
    Um beijo, Marcos
    obrigada pelas mensagens sensíveis e bonitas

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Caro Marcos Reinach,

    O poeta Caio Fernando Abreu escreveu "A vida é tecelã imprevisível, e ponto dado aqui vez em quando só vai ser arrematado lá na frente".
    A gente nunca sabe o que nos pode acontecer a cada porta que atravessamos. Mas uma coisa é certa, tudo que você e a família está fazendo junto ao Tomás, com certeza está ajudando na sua recuperação e vai refletir profundamente na sua vida futura.

    ResponderExcluir
  10. Marcos, continue acreditando no seu feeling.
    Nâo sâo apenas coincidências, essas sim nâo existem.
    O Tomás está apenas esperando o momento certo.
    Entro todos os dias no blog e continuo com uma vela sempre acesa. Se nâo comento todos os dias é por respeitar esse momento que, as vezes, é muito familiar.

    Beijos
    Anita

    ResponderExcluir
  11. Sentir...
    O Amor suplanta qualquer Ciência.
    E traz as maiores Verdades.
    Sem dúvida, é o que tem nutrido a recuperação e o sucesso dos tratamentos do Tomás.

    ResponderExcluir
  12. Hoje fui despedir de uma pessoa brilhantemente humana que trabalhou muito para que um mundo melhor, mais igual, mais justo ....e na oportunidade desta despedida, fui saudar Tomás e para minha surpresa quem me saudou foi ele..Informaram -me que Tomás estava no 773 e este numero familiar (já tinha lido no Blog) levou-me ao ato seguro de apertar o botão 7 do elevador, cheio !...Paramos de andar em andar e já no 5 andar, comecei aler a placa do elevador uma forma de ocupar meu pensamento entre Guilherme Cunha e Tomás e quando vi que o & andar era semi UTI, lembrei do Blog de novo que o Tomas já tinha passado desta fase e abri o blog no cel e vi que era 3 andar ...sem nenhuma duvida ,apertei o 3 e olhei para o elevador cheio, com uma alegria súbita no rosto justifiquei meu equivoco - Disse (ou nao disse!!!) " Me enganei - Tomas já saiu da semi" e um senhor disse "..então falta pouco pro 1 andar.!.Olhei assertiva, concordando com ele ....e dai ele me disse ...e eu que estou no 12 ! ...olhei pra ele e ele parecia bem e só usava muleta ...e disse que seria fácil ele chegar no primeiro com a aparência que tinha e quando chegamos ao 12 ..ele me disse que acompanhava a mulher numa cirurgia ...despedimo-nos ,desejei o melhor para os dois e desci para o 3 andar e perguntei pelo quarto do Tomas ...quem me atendeu solicitamente, confirmou no computador que Tomas estava no 7 , insisti que não e ela ligou confirmando : "ele teve alta da semi , sim ,mas aguarda um quarto neste nadar "....ufa...volto ao elevador e chego no 7 ...na porta do 773, entro ou nao entro , li a placa , procurei a enfermagem e entrei ...e fui saudada com aquele olhar aceso do Tomás ...me saudando e parecia que a gente estava se reconhecendo depois de tanto tempo , tamanha a intensidade de seu olhar ...e dai eu cai na minha real - a ultima vez que vi Tomas, ele estava apenas entrando na adolescencia - afinal a Pituca ,via minha filha Gabi é o que me ligou nesta familia que sempre gostei muito...O Tomas está lindo...uma Pituca masculina ! Lá conheci Monica , a mãe do outro Tomás( Thomaz, Thomás ...!!) , amigo do R (e entendi o porque do R .- Lógico - o sobrenome adotado no Vera Cruz ..dirrrdi!
    Tomás foi bom te ver ! Marcos , neste Blog flui muita energia que se soma a do Tomás ...é fantástico a força que tem ...e dá o ritmo da paciência que esse momento exige \. Beios para todos ! com carinho
    Regina

    ResponderExcluir
  13. Marcos,
    Muito bonito o que escreveu...
    Coincidências não existem.
    Pode ter certeza de que ele está sentindo toda a sua vibração amorosa.
    E ouve seu coração.
    Os anjos da guarda seu e dele estão trabalhando juntos para que sua volta seja tranquila.
    E todos os anjos unidos trarão Tomás de volta.
    bjs,
    Márcia e David

    ResponderExcluir
  14. Eu tambem sinto que o R esta cada vez mais presente e proximo de todos, e nao sei se é porque entro no blog todos os dias e acompanho suas melhoras, as mensagens de amor, as palavras positivas, essa energia boa presente em tudo que envolve seu nome, a torcida de amigos, familiares, conhecidos e inclusive desconhecidos. Sei que varias maes de amigos seus do Santa, inclusive a minha, levaram sua historia para conhecidos delas e fizeram rodas de oração e correntes positivas para você. E, como seu tio, uma pessoa que nao conheco pessoalmente mas comecei a adimirar por tudo q vi no Blog, falou: toda força é válida neste momento. Ainda nao fui te visitar( e vc nao sabe o qnto isso me magoa) por falta de oportunidade, falta de organizacao e receio meu. Mas mesmo assim,R, to te acompanhando e torcendo mto por vc. Logo mais estarei aí e sinto que vc tmbm, logo mais estará aqui.
    Grande Abraço,
    Eiras

    ResponderExcluir
  15. Tomás, querido. Apesar de não presenciar pessoalmente cada novidade, torço e vibro de longe por cada vitória sua. Além do blog (santa idéia), a Mariana também sempre traz notícias sobre os seus avanços que me deixam muito feliz e orgulhosa de você.
    Beijos,
    Neila, mãe da Mari R

    ResponderExcluir