terça-feira, 24 de agosto de 2010

Recado para quem fica....

Temos um grupo de aproximadamente 20 pessoas que ficam com o Tomás, durante algum periodo do dia, em algum dia da semana, juntamente com a cuidadora.... este grupo eventualmente se fala por email para acertar plantão descoberto, para informar condutas...enfim para se informar....hoje recebemos da Bia o email abaixo:



Hoje o Henrique deu um grande passeio com o Tomás na cadeira de rodas, foi até a lanchonete, a fonte na frente da maternidade, tocou piano,...enfim deu um passeio enorme. Ele fez isso sábado e domingo e hoje. O Tomás fica muito tranquilo na cadeira, é claro que é necessário colocar as faixas (amarrá-lo na cadeira) para ele não cair, e prestar atenção para que ele mantenha a perna apoiada e não a coloque no chão. A cada vez que ele punha a perna para fora um de nós falava para ele colocá-la de volta e ele imediatamente obedecia.

A equipe técnica do hospital ainda está MUITO insegura em relação aos passeios, mas acho que devemos insistir e levá-lo para passear. Como todos têm comentado...o Tomás não aguenta mais aquela cama e aquele quarto!!!! Ele adorou passear e acho que pouco a pouco podemos começar a fazer com que esta atividade faça parte da sua rotina. Está muito na mão da gente (família e amigos) insistir para que o Tomás saia mais do quarto e da cama. Quando não estivermos sozinhos (das 17 às 19), acho que podemos passear com ele com segurança.

Vamos fazer esta campanha!!!!

beijo a todos,

bia



É isso ai....corrente, dentro de corrente....

2 comentários:

  1. Acho que a cabeça e a alma de Tomás estão querendo engordar também, rs. Estão com fome... fome de beleza, de novidade, de liberdade. Talvez esses estímulos e sensações apressem as conexões, as sinapses. Ele tá chegando, aos poucos. Muito boas novas!!! Seja sempre Bem-vindo, querido Tomás. Mais uma vez obrigada pelas notícias, Marcos, por esse blog que nos enche de alegria. Um beijo a todos da família e especial pro Tomás. Saudade.

    ResponderExcluir
  2. acredito que o instinto paterno em determinadas situações pode superar um conhecimento profissional.
    tudo é válido para o bem do Tomás.

    ResponderExcluir