sexta-feira, 17 de setembro de 2010

4 meses 18 tempos 125 dias 1/3 de ano

Quatro meses.

Me parece que já se passou um ano. Lembro perfeitamente daquela 2ª feira que a Di me ligou falando que o Tomás tinha caído de bicicleta.

Tudo tão simples, tão corriqueiro....mas estávamos para viver um dos momentos e tempos dos mais difíceis da família. Ainda que "a família" com todos seus problemas e diferenças é grande, unida e cheia de amigos. Isso foi e é fundamental para atravessar estes momentos.

Por mais que tenha me esforçado para colocar no blog somente as verdadeiras notícias... Percebo que as pessoas lêem o querem ler...explico...quando escrevo...."o Tomás está andando com a ajuda de duas pessoas uma distancia de 5 metros".... As pessoas comentam...."Nossa que bom, vi que o Tomás já está andando...." e assim com o "falar" com o "comer" e outros detalhes.

Para quem viu o Tomás desacordado, imóvel, entubado, com medidores de pressão intracranianos....um longo caminho já foi percorrido....mas para quem lembra do Tomás antes de 17/05 a realidade é outra e o futuro desconhecido.

Não estou desanimado, somente aproveito este "aniversario" para reviver e lembrar.

O que importa - de verdade - no momento, é que a evolução continua, degrau por degrau, patamar por patamar.

Vamos seguindo, vivendo, convivendo, mudando, se acostumando, aprendendo.

Muitas coisas acontecem nas nossas vidas e não gostamos, não queríamos que acontecesse, queremos ignorar, não viver, retroceder. Mas independente de crença, destino ou qualquer explicação... o importante é lembrar que isto é VIVER. E a nossa vida é vivida por nós e para nós.

Chega de devaneios....dois recados para registrar:

1 - parabéns MC !!
2 - felicidades para as queridas Savoy Reinach

4 comentários:

  1. Força, família!!! O futuro é desconhecido para todos nós.

    ResponderExcluir
  2. é isso aí, Tum...

    e obrigada;

    Savoy Reinach.

    ResponderExcluir
  3. Lindo Marcos,
    quantos tem a chance de nascer de novo!! Ainda bem que dentro da mesma familia!
    bjs pra vcs
    Paula, Cassio, Dora e Vicente

    ResponderExcluir